sexta-feira, 29 de outubro de 2010

breve história.

Seu cabelo que ninguém pudera ver, agora ao ar despertava nos homens tanto desejo quanto todo o resto de seu corpo, não esguio, atraente por suas partes bem aredondadas. Nenhum homem porém ousara aproximar-se, sabiam que seu coração pesara demais para ser carregado por qualquer outro ser se não aquele que adquirira força com o aumentar do peso. Ela acostumara-se ao peso de seu amor, de sua dor...

Um comentário:

Durango Tig disse...

Outra coisa, não, mas é uma depressão tão romântica que tá aí.
Vai entender, né? :D